quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Servidores da prefeitura à beira do desespero

O Natal passou e os servidores da Prefeitura de Marabá não viram a cor do dinheiro. Sem o pagamento do salário de novembro e com sete meses de vale-alimentação atrasados, os trabalhadores estão à beira do desespero.
Todo dia eles ocupam prédios públicos, pressionam a Justiça, pedem ajuda ao prefeito eleito e procuram a Imprensa, mas até agora o prefeito Maurino Magalhães ainda não teve a dignidade de colocar o pagamento na conta deles.
A situação se agrava a cada dia, porque os postos de saúde estão fechados e nos hospitais o atendimento está cada vez mais limitado. E não se trata apenas de greve. É que falta material para atender aos pacientes.
Do jeito que está, tudo leva a crer que o final de ano será tenebroso, talvez pior que o Natal... Tanto para os servidores quanto para a população, que carece de atendimento, especialmente na saúde.

Nenhum comentário: