quarta-feira, 11 de maio de 2011

O advogado do Diabo

Digam o que disserem, o assassinato do terrorista Osama Bin Laden foi um ato hediondo, que merece a indignação de qualquer ser humano que se diz civilizado.
E antes que alguém me acuse de apoio ao terrorismo ou coisa parecida, vou logo lembrando que o ataque às Torres Gêmeas foi algo muito mais hediondo ainda. Porém nada justifica o assassinato de um homem indefeso.
E o “presidente do mundo”, Barack Obama, teve a coragem de dizer que o mundo está mais seguro agora. Acho pouco provável, afinal de contas, os Estados Unidos ainda governam o planeta.
A historiadora Maria Aparecida Aquino, da USP, lembra que até mesmo os criminosos nazistas tiveram direito a um julgamento ao serem submetidos ao Tribunal de Nuremberg, na Alemanha.
Além do mais, das Torres Gêmeas para cá, quantos civis inocentes foram mortos no Oriente Médio pelas tropas de coalizão? E ninguém diz nada.
O que se pode dizer do governo dos Estados Unidos é o mesmo que o grande poeta Renato Russo declarou em uma de suas músicas: “Tudo aquilo contra o que eles lutam é exatamente tudo aquilo que eles são”.

Nenhum comentário: