terça-feira, 3 de maio de 2011

Médicos do Hospital Municipal entram em greve (quentinha)

Os médicos do Hospital Municipal de Marabá entraram em greve nesta manhã. Existe um documento oficial com as pautas de reivindicação da categoria.
Entre os pedidos, obviamente, está o reajuste dos vencimentos da categoria. A casa de saúde, que já enfrenta problemas estruturais no atendimento, está um caos nesta manhã.
Daqui a pouco a diretora do HMM, Solange Freire, promete falar sobre o assunto.

3 comentários:

Anônimo disse...

Parece que e PF colocou o bloco na rua(CMM ou SEMED) nesta terça feira. Vc já sabe de algo?

Anônimo disse...

O que impressiona é que com um orçamento, para 2011, de cerca de R$ 111 mi, segundo o próprio prefeito alardeou, esse tipo de situação esteja acontecendo na saúde de uma das cidades mais ricas desse país, com uma renda per capita beirando os R$ 17 mil.

E não se enganem os que só agora tomam conhecimento desse caos, pois ele já vem de longas datas. Em tempo nenhum a situação da saúde de nossa cidade esteve bem. Nunca esteve. Nesse governo, assim como no passado, secretários de saúde foram presos, faltava medicamentos, equipamentos, etc.

Não dá pra saber em qual governo houve recorde de óbitos, os quais poderiam ter sido evitados se a saúde pública municipal fosse usada para cuidar da saúde da comunidade. Infelizmente seu uso anda bem longe de suas finalidades.

E essa tentativa de justificar o caos, dizendo que é por causa da vinda de pacientes de outras cidades, não convence. Por que o município não cobra o repasse do município de origem do paciente?
___________
Adir Castro

Anônimo disse...

Caro Chagas e Adir, realmente a questão do HMM é caso de polícia. Enquanto isso, o necessitado do serviço é que se f....Em 04.05.11, Marabá-PA.