segunda-feira, 23 de julho de 2012

Mais uma morte no Materno Infantil


Mônica Rodrigues da Silva, de 18 anos, morreu após uma cesariana. Ela contraiu uma infecção grave e do Hospital Materno Infantil (HMI) foi levada para o Hospital Municipal e depois para o Hospital Regional.
O bebê de sete meses está vivo. O corpo da jovem foi enterrado no sábado. O pai da moça, Josenir Amaro Rodrigues, indignado, suspeita que houve negligência durante o atendimento no HMI.
Ele conta que na certidão de óbito está atestado que Mônica morreu de pneumonia e anemia.
Josenir mora no Bairro da Independência, na beira do Rio Itacaiúnas, perto do Balneário Vavazão. Já a vítima morava na Avenida Brasil, Bairro Liberdade.
A Assessoria de Comunicação da Prefeitura foi acionada pelo jornal e ficou de divulgar uma nota oficial sobre o caso de Mônica ainda ontem, mas isso não ocorreu.

Nenhum comentário: