segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Dia de treinamento

Sujeito morava numa casinha humilde no fim da rua. O lugar mais parecia um brejo. Toda vez que chovia era aquele desassossego, drama comum nas periferias: o esgoto transbordando, a água entrando nas casas, o risco de contaminação, o imóvel de madeira se deteriorando. Enfim, essas coisas.
Certo dia, num fim de tarde, ele chega em casa, cansado do trabalho, e se depara com um caramujo grudado no portão de madeira. Dá um chute no molusco, que cai na rua, a uns cinco metros de distância.
“Não foi nada. Só um bicho idiota”.
Todos os dias ele segue sua rotina: sai às 6h da manhã e volta às 7h da noite. Até que uma semana depois, ele se depara novamente com o molusco ali, grudado de novo no portão da casa.
Ele olha para o caramujo e pergunta: “Qual é o seu problema?”

Nenhum comentário: