segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Polícia: um privilégio de quem pode pagar?

Enquanto muitas áreas da periferia de Marabá vivenciam assaltos, tráfico de drogas, homicídios e casos de violência doméstica, completamente desassistidas do poder repressor do Estado, outras áreas mais nobres da cidade, com toda segurança privada, como é o caso dos condomínios, contam com viatura policial na porta.
Um exemplo disso está no condomínio Solar das Castanheiras, no Bairro Novo Horizonte, protegido por muro, câmeras de segurança e guarita. Além disso, os moradores dos apartamentos, que custam em média R$ 200 mil, ainda têm o privilégio de contar com uma viatura da Polícia Militar bem na porta todas as noites. É só conferir.

7 comentários:

augusto disse...

interessante. só faltou você dizer que a viatura fica na escola que está em frente ao tal condomínio.
não tem assunto, deleta o blog amigo...

reporterchagasfilho disse...

Obrigado pelo seu comentário, Augusto. Mas quero dizer que não vou deletar o blog, afinal de contas vc está lendo e participando, isso pra mim já é motivo para mantê-lo.
Quanto ao assunto, só faltou "você" lembrar que existem dezenas de escolas na periferia que não têm o privilégio de ter uma viatura na porta.

Anônimo disse...

Ali além de ter um condomínio, tem também uma escola e uma praça, acho que não é bem assim.

Anônimo disse...

acho que a questão nem é bem essa, onde ela está, mas quantas estão distribuidas em Marabá, eu mesma escapei de um ladrão de moto na rua Araguaia e ele estava a pé, sozinho e armado, a minha reação foi acelerar a moto e esperar a bala nas costas, que não ocorreu, graças a Deus.... mas ali é um área muito isolada, se eles tivessem por alí desde as seis da manha ou o dia inteiro eu agradeceria... ah sim e o ocorrido foi as 11:30 (manhã) de um sábado e as ruas todas movimentadas... pois é...

Anônimo disse...

Chagas, esquece que ali é um bairro perigoso? Ali mesmo naquela praça acontecem vários assaltos e até assassinatos. Em vários outros lugares realmente acontece isso de ficar viatura na frente, mas creio que acontece mais em regiões comerciais.

Anderson Brito disse...

"Há algo de podre no reino da Dinamarca!" Até onde sei, no não dito colégio onde a viatura belicosa fica - Ida Valmont - já ocorreu de alunos entrarem armados. Sim, foi no turno da noite aparentemente no horário dos policiais. Mas quem tomou a arma desse estudante nada camarada foi a diretora. Sequer houve ação policial ali...
"Já teve..."

Anônimo disse...

Chagas, essa viatura deve fazer a segurança daquele perímetro pq além da escola e praça, no solar reside um juiz.