terça-feira, 29 de novembro de 2011

O que é que eu falei?

A mudança no secretariado promovida pelo prefeito Maurino Magalhães está dando pano para as mangas. Por exemplo, o novo secretário municipal de Saúde, Nilson da Costa Piedade, é pastor evangélico da mesma igreja de Maurino e teria sido indicado pelo presidente da igreja em Marabá, pastor Sales Batista.
Já o caso do novo secretário municipal de Gestão Fazendária, Marcos Davi Aguiar, é, no mínimo, curioso. O nome dele aparecia no expediente de um jornal local, que tem circulado gratuitamente todas as segundas-feiras em Marabá, mas que teria sede em Brasília. Até aí tudo bem...
Davi Aguiar, que, até então, nem era morador de Marabá, era o titular da Secretaria de Relações Institucionais da prefeitura, com sede também em Brasília, e que foi extinta depois de muitas críticas, inclusive de gente aliada do prefeito. Ou seja, Davi foi só realocado de secretaria.
Detalhe: Para muitos, o verdadeiro dono do tal jornal de Davi (Gazeta de Carajás) seria o prefeito Maurino Magalhães. Isso (pra falar a verdade) ninguém conseguiu provar, mas essa ligação entre o prefeito e Davi deixa pelo menos alguns indícios a serem seguidos.

7 comentários:

Anônimo disse...

Ei Chagas, e o de Planejamento é o Wilson, cria do Sebastião Curió de quem foi secretário de finanças e depois apareceu por aqui com postos de gasolina e motos im portadas e outras cositas más.

Anônimo disse...

E olha que este tal de Wilson ja era contratado da secretaria de planejamento desde o inicio do governo do maurino,ele era um dos fantasmas que maurino mantinha e mantem espalhados nas secretarias.
Ganhava com assessor, sem trabalhar por tres anos.
Esta prefeitura é uma mãe, e ainda tem gente que a chama de madrasta.
Parece que o menino ja é cobra criada, com larga experiencia, e com mestres exemplares.

Anônimo disse...

Ei Chagas, mas porque mesmo que ele não demitiu o Ney Caladim? Seria um banana a menos. Ah! já sei o que você vai responder: É porque o Caladim (Calandrine) só fica calado, nem flui nem contribue porque quem manda mesmo na SEMED é o Disney e a Rosicleide. O Ney é só uma marionete, que eles manipulam como querem. Aliás, isso justifica eles terem simulkado aquela lista tríplice patética pros servidores da educação votarem. semi-democrático. Palhaçada isso. Papelão eim professor Ney! De pensar que eu acreditei em sua competencia, que fui lá naquele ginasio da folha 16 naquele calor só pra lhe dá um voto. Vc poderia ter o mínimo de carater e pedir exoneração, já que não manda em nada e não consegue minimamente se posicionar. Ah! mais tem outro detalhe Chagas, o salário do secretário passa de 6.000 reais, como ele iria manter as drenagens linfáticas, lipoescultura, silicone e etc na mulher dele? É provável que ela até voltaria pro antigo marido.

Anônimo disse...

Seu blog está parecendo drama de novela mexicana e Crepúsculo a saga continua!Está terrivelmente chato!!!
Fale um pouco sobre o projeto Carajás/Tapajós!!!!

Patrick Roberto Carvalho disse...

O barco realmente está à deriva. Já tinha visto uma reforma administrativa em que no ato da exoneração do titular não existe o nome do substituto? Num momento de crise é o mínimo. Ter alguém com capacidade para assumir postos chave. Saudações a vc.

reporterchagasfilho disse...

rsrsrsrs, para o anônimo das 19h29. Respeito sua opinião, mas é assim mesmo: uns gostam outros não. É a vida.
Ah, quanto ao Carajás/Tapajós, sou contra, mas meus motivos são outros. Falo sobre isso no dia 12.
Aquele abraço, anônimo.

Anônimo disse...

os donos do ct, como sempre, andam na contramão quando as coisas não sobram andam para seu lado. oué porque jader mandou votar contra carajás? explica agora.