segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Caso sério

Nas próximas semanas, o Sintepp-Marabá deve ingressar com um pedido de investigação no Ministério Público Federal a respeito de um contrato entre a prefeitura e uma empresa de material de informática, que deveria atuar em laboratórios de escolas da rede municipal.
Acontece que a tal empresa, o que parece, ainda não fez nenhuma ação concreta no município. Mesmo assim já teria recebido vultosa quantia em dinheiro, algo perto de R$ 12 milhões.
Aguardemos as cenas dos próximos capítulos para ver se essa primeira versão se confirma.

5 comentários:

Anônimo disse...

É ATÉ QUE ENFIM JÁ ERA TARDE, QUEM É QUE NÃO SABE QUE ESSA EMPRESA E ESQUEMA DELES MESMO??? TODO MUNDO , PRINCIPALMENTE QUEM TRABALHA NAQUELA SECRETARIA, QUEM DOMINA TODO ESSE DINHEIRO É A SRª ROSICLEIDE, O SECRETARIO ADJUNTO SRº. DISNEY O "IRMÃO", LUIS FERNANDO (DA LICITAÇÃO), ESPERO EM DEUS QUE DESSA VEZ O MINISTERIO PÚBLICO TOME UMA PROVIDENCIA NÃO DEIXE MAIS UMA PASSAR , E DER UM BASTA NISTO TA DEMAIS... O NOSSO DINHEIRO TA INDO TODO PARA ESSE POVO... ATÉ QUANDO MARABÁ??? VAMOS ACORDAR

Anônimo disse...

Gostei do titulo, caso sério neste governo do Maurino, CORRUPÇÃO sempre sera caso sério. O que nunca vai deichar de ser: NOVIDADE.

Anônimo disse...

O sintepp, ja sabia ha muito, ha muito tempo que esta empresa tava atuando aqui em maraba, vendendo a preços carissimos programs e computadores.
Trocando computadores de escolas que estavam nas caixas deixados no final do mandato do outro governo.
Se eu não me engano no ano passado a vereadora vanda denunciou que a mesma empresa ja tinha recebido uns cinco milhões.
Queremos saber:
E o MP? precisa de provas, de ser provocado ou os indicios não bastam?
E o sindicato,poeque so agora? deixou tanto dinheiro cair nos bolsos desta quadrilha?
E a PF? se ate os meninos de rua sabem quem são as figuras poderosa da semed, e a nossa policia federal deixa a "turma do arrastão" agir por tanto tempo.
Poeque será?..............!!!!!!!!!!????????????______--------_______-------

Anônimo disse...

outro caso serio na educação que o sintepp deveria ter denunciado a muito tempo é o carlos, ex.adjunto continuar recebendo todo mes um valor que se aproxima a 8mil reais.

Anônimo disse...

Chagas, tem mais uma empresa entrando no orçamento da prefeitura.
a PMM assinou contrato com a brasil telecom.
queremos saber!
quais os custos?
a base do contrato?
serviço a ser prestado?
nos tres anos do governo, talvez seja a terceira empresa a oferecer os serviços de enternet e programas tecnologicos educacionais.
E ate agora, os laboratorios funcionam precariamente, os professores não foram capacitados para usar os programas ja comprados a custos altos.
E o dinheiro que ja saiu dos cofres da prefeitura?