quinta-feira, 28 de julho de 2011

Os fantasmas "não" se divertem

Gente, eu pelejo para não falar do nosso prefeito Maurino Magalhães, mas é que acontece uma coisa atrás da outra.
A última é a terceirização do cemitério. Isso mesmo!
Depois de dizer que os problemas de Marabá estão "caindo no colo" dele, Maurino alegou que a única forma de construir um novo cemitério na cidade (atendendo recomendação do Ministério Público) é terceirizando o setor (mais um).
Palavras de Maurino: "Tem que ter o cemitério público, mas tem que ter os cemitérios mais ESPECIAIS".
Que bom, a partir de agora teremos defuntos especiais.
Por favor, alguém me empresta uma corda e um pé de manga bem alto...

3 comentários:

Ademir Braz disse...

Odorico Paraguassu, o Bem Amado, teria muito a aprender com Maurinaima, o "Bem amargo".
Puta que pariu!

Anônimo disse...

Há alguns boatos na cidade. Um deles diz que o fornecedor das manilhas que seriam usadas nalgumas vias bairro Itacaiunas, foram pegas de volta pelo fornecedor. Motivo: falta de pagamento. Outro diz que a Rádio Itacaiunas e repetidoras do SBT estariam sendo vendidas a empresa Leão Ambiental. Outro diz que estaria sendo feito pelos próprios aliados, uma cama pra Maurino. Assim determinado vereador assumiria o lugar dele e faria igualmente fez Maurino quando esteve cobrindo a ausência de Tião. Se a terceirização do cemitério tiver algum fundo de verdade, os dois boatos acima também correm o risco de serem verdadeiros. Agora uma pergunta: se qualquer um dos outros candidatos a prefeito em 2008 tivesse sido eleito, será que eles agiriam diferente? Ou eles não estavam financiados e comprometidos com enes grupos, igualmente Maurino? Pra Marabá só tem um jeito: é eleger alguém de fora do mundo político. Experiência?! Com o tempo e a prática se adquire, já que ninguém nasce catedrático em coisissíma nenhuma. Pensou eu.

Anônimo disse...

Caro Chagas, a ideia de Maurino de terceirizar os cemiterios não é de toda espafurdia. Só acrescentaria, a sugestão de que o mesmo (prefeito) fosse o "primeiro" defunto a inaugurar a nova modalidade, considerando que o citado, morto já está, só falta cair na cova. Kkkkkkkkk...Em 30.07.11, Marabá-PA.