sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Prefeitura já pagou R$ 13 milhões para a Brasil On Line


Todos os meses, a empresa Brasil Online recebe, da Prefeitura de Marabá, uma média de 600 mil, para montagem de laboratórios de informática nas escolas municipais.
O contrato começou em 2010, e a empresa já faturou cerca de R$ 13 milhões. Os números estão no portal Transparência Pública, que pode ser acessado pelo site da prefeitura.
O problema todo é que a Brasil Online teria de montar 56 laboratórios, mas montou apenas 36. Ainda faltam 20 laboratórios, que nunca saíram do papel, apesar de todo recurso repassado pela prefeitura.
Os laboratórios são compostos por 20 computadores, uma bancada, uma impressora, duas mesas, mais o programa “Cultivar Educação”, que é o software a ser usado pelos estudantes.
Dividindo os 56 laboratórios pelos R$ 13 milhões que a empresa já recebeu, cada laboratório sairia pelo valor de R$ 232 mil.
Acontece que numa consulta rápida feita em Marabá mesmo, um laboratório desse tipo não chega a R$ 100 mil, ainda que seja usado um computador de alta configuração, o que geralmente não é o caso.
Ou seja: mesmo que a empresa tivesse montado os 56 laboratórios completinhos – o que ainda não aconteceu –, cada um sairia por mais do dobro do valor de mercado.

3 comentários:

Anônimo disse...

Antes n tinha. Agora tem!

Fala sério! nós marabaenses somos uns otários mesmo.

Anônimo disse...

Chagas ´,existe um novo golpe em curso... o dos quadros magueneticos.
A brasil online ganhou um novo processo que lhe autoriza a instalar quadro magneticos nas escolas, pela bagatela de 22 milhões.
E tenham certeza o processo licitatorio foi muito bem elaborado pelo senhor luis fernando para que a empresa brasil online ganhe.Como foi feito com os computadores, que vc chagas, denunciou com muita competencia

Anônimo disse...

É Chagas o remóra virou tubarão.