quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Maurino mentiu... de novo

No dia 25 de agosto, dentro do Fórum de Marabá, o prefeito Maurino Magalhães disse que sua viagem à Europa seria bancada pelo Itamaraty (Ministério das Relações Exteriores).
Ele declarou isso para mim (Chagas Filho), para o professor Ribamar Ribeiro Júnior e para os jornalistas Ademir Braz, Laércio Ribeiro e Pedro Gomes Neto.
Pois bem, é mentira.
Os vereadores de Marabá se apressaram em aprovar a ida de Maurino à Alemanha (com exceção de Vanda Américo e Edivaldo Santos), sem ao menos questionar quem está pagando essa despesa.
Os vereadores que aprovaram a viagem de Maurino a Alemanha, onde supostamente vai receber um prêmio por estar entre os 300 melhores prefeitos do mundo, deveriam ter vergonha do que fizeram.

Segue abaixo publicação feita pelo blog O Resto do Iceberg, que comprova mais uma mentira de Maurino.

ITAMARATY NÃO VAI PAGAR AS CONTAS
DA VIAGEM DE MAURINO AO EXTERIOR
Ao contrário do que foi divulgado anteriormente pela assessoria de comunicação da prefeitura, não será o Itamaraty quem irá custear as despesas da viagem que o prefeito Maurino Magalhães fará para a Alemanha, onde - segundo ele - receberá prêmio por feitos de sua gestão.

Para que não pairassem dúvidas sobre o assunto, entrei em contato no dia de ontem (17) com o Ministério das Relações Exteriores e obtive a seguinte resposta que publico abaixo:

Do Ministério das Relações Exteriores em 18/10/2011

Ao Ilustríssimo Senhor
Pedro Gomes

Prezado Senhor,

Em resposta a sua mensagem de 17 de outubro de 2011,
informo que, até o momento, esta Assessoria não
recebeu informação ou solicitação referente à missão
do Prefeito de Marabá, Maurino Magalhães de Lima, à
Alemanha.

2.  Acrescento, ademais, que é vedada a este
Ministério arcar com os custos de passagem e
acomodação de prefeitos brasileiros no exterior.

Atenciosamente,

Sérgio França Danese
Embaixador
Chefe da Assessoria Especial de Assuntos Federativos e
Parlamentares

Um comentário:

Anônimo disse...

Quem vai pagar somos nós. Ele ainda vai levar uma comitiva para ter dieito a falar. Tudo pago pela prefeitura. O pr~emio também é comprado.