quinta-feira, 21 de junho de 2012

Fazenda Cedro: Seguranças atiram até em crianças de colo


Na manhã de hoje (21), um grupo de sem-terra que está acampado há anos numa área da Fazenda Cedro, em Eldorado do Carajás, resolveu fazer um protesto em frente à sede do imóvel. Resultado: foram recebidos a bala por agentes da empresa de segurança armada que protege a propriedade rural. Há informações de que crianças de colo estão entre os mais de 20 feridos.
Naturalmente, o clima é extremamente tenso na área, pois os sem-terra - mais de mil - interditaram a Rodovia BR-155. Não se sabe se há pessoas mortas.
Em nota, a Coordenação Nacional do MST informou que o ato de protesto era contra o desmatamento, uso intensivo de agrotóxico e grilagem da terra pública.
Os sem-terra acusam os seguranças da fazenda de agirem como pistoleiros, pois abriram fogo contra mulheres e crianças.
Alguns pacientes foram encaminhados para o Hospital de Eldorado, a 50 km do local, enquanto os casos mais graves buscaram atendimento no Hospital Municipal de Marabá.
Acabei de telefonar para o celular do jornalista Altair Albuquerque, assessor de Imprensa da Agro Santa Bárbara, que é dona da Fazenda Cedro e integra o Grupo Oportunity, do banqueiro Daniel Dantas, mas ele não respondeu ás chamadas telefônicas.
Continuo tentando.

2 comentários:

Anônimo disse...

O maior culpado de tudo é o INCRA, que cruzou os braços a quase 4 anos, desde quando o PT tomou de conta daquele órgão tudo está se acabando, se auto destruindo, ninguém resolve nada e o dinheiro de investimento sumindo, o prédio acabado, servidores antigos isolados sem poder trabalhar, por que a comitiva do PT de Marabá estão todos lá dentro com cargos de terceirizados e até mesmo cargo de confiança.

Temos que dar um basta nisso, pessoas inocentes estão morrendo.. enquanto eles com o bolso cheio de GRANA. esbanjando em site de festa, aniversários, dentre outras comemorações.

"Sabe quando vai ser resolvido, quando vai voltar a reforma agraria" QUANDO ELES CAÍREM DE UMA VEZ E DIRETO PRA CADEIAAAA.

Cesar Abril disse...

Eita...