quinta-feira, 19 de abril de 2012

MP e polícia começam a desvendar a Máfia da Piçarra

Com apoio da Polícia Civil, o Ministério Público realizou busca e apreensão em duas secretarias da Prefeitura de Marabá (Finanças e Obras) nesta tarde (19), na tentativa de encontrar documentos que comprovem fraude de R$ 20 milhões na compra de piçarra para obras públicas.
Oficialmente a prefeitura já teria repassado cerca de R$ 7 milhões desse montante para a empresa M. M. Fronzak. O problema é que o empresário, dono da firma, Marcelo Fronzak, afirma que não viu a cor de todo esse dinheiro. “Fiquei rico sem saber”, declarou.
Por outro lado, no Portal Transparência está confirmado o repasse de algo em torno de R$ 4 milhões.
A pergunta que se faz é: Pra onde está indo essa grana?

Um comentário:

Anônimo disse...

.... "E para onde vai tanta piçarra", rs. danou-se!