quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Sob as asas do poder

A visita de Simão Jatene e seu governo itinerante, por Marabá e demais cidades pólos de nosso Estado, termina de desenhar um quadro bem interessante em relação aos nossos representantes políticos.
A maioria deles está sempre atrelada ao poder executivo. Não se trata desta atual gestão ou desta leva de parlamentares que temos (seja em Belém seja em Brasília). Sempre foi assim.
A coisa funciona, mais ou menos, como nas Câmaras de Vereadores.
Esse atrelamento pelego é, para mim, uma das razões que fazem com que regiões ricas como a nossa permaneçam esquecidas por décadas pelo poder público estadual.
Ao contrário do que dizem, não é apenas o tamanho do Pará que o torna ingovernável, mas principalmente seus representantes regionais.
Desde que o Pará é Pará, vivem sob as asas do poder; nunca tiveram coragem de peitar os governantes em nome desta região, quando isso foi preciso.
Agora, Jatene promete investimentos e mais investimentos, como fez Ana Júlia. Se também não os cumprir, verifique qual dos nossos parlamentares estaduais ou federais vai ter a decência de dizer algo.
Verifique.

Um comentário:

Anônimo disse...

CARRO CAPOTADO UTILIZADO EM CAMPANHA POLITICA PELA FRANCELI SERÁ AUDITADO

PORTARIA Nº 0767/2011 – 06.09.2011.
A Presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará/EMATER-PA, no uso de suas atribuições conferido pelo artigo 18 do Decreto nº2.474 de 03.10.06
CONSIDERANDO: A necessidade de apurar o acidente envolvendo o veiculo Ranger, Placa NSZ 5729, Renavam 26191261, Modelo 2010/2011, pertencente ao patrimônio da Empresa, sob a responsabilidade do Escritório Regional de Marabá.
RESOLVE: Instaurar a Comissão de Sindicância Composta pelos empregados, JERUSA LORENA GIOIA RUFINO-Advogada, LUIZ GUILHERME CAMPOS GONZAGA DA IGREJA - Assessor e JONAS SOARES DOS SANTOS-Responsável pela Unidade Administrativa, para sob a presidência do primeiro, apurar rigorosamente os fatos acima descritos, no prazo de 30 (trinta) dias, a contar da data do inicio dos trabalhos, devendo a presente comissão ao final apresentar relatório circunstanciado e conclusivo a esta presidência para adoção de medidas legais pertinentes, assegurando ao sindicato os direitos à ampla defesa e ao contraditório.
EMPRESA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA DO ESTADO DO PARÁ,
CLEIDE MARIA AMORIM DE OLIVEIRA