sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Servidores pedem a "cabeça" de Maurino

A manhã de hoje (10) foi marcada por um grande ato público na Câmara Municipal de Marabá, durante o qual representantes do Sintepp entregaram pedido formal de afastamento do prefeito Maurino Magalhães, por improbidade administrativa.
O motivo é que a prefeitura estaria retendo o dinheiro dos servidores que deveria ser repassado aos bancos onde esses trabalhadores fizeram empréstimo consignado, o que caracteriza apropriação indébita.
A Câmara prometeu tomar providências. Pode ser aberta uma CPI (o que é difícil), uma Comissão Processante ou até mesmo uma Ação Civil Pública (o mais provável).
Por outro lado, os servidores decidem nos próximos dias se vão iniciar nova greve ou não. Caso seja configurada esta paralisação, será a terceira só nesta atual gestão.

Um comentário:

Anônimo disse...

www.aquitememprestimo.com