terça-feira, 22 de maio de 2012

Colônia Z-30: Por que os pescadores brigam tanto?

O último domingo mostrou um pouco do que os homens são capazes de fazer pelo poder. Dois pais de família, com idade de serem avôs, foram quase aos tapas durante assembleia do pescadores da Colônia Z-30 em Marabá.
No centro da disputa está obviamente o controle da entidade.
De um lado do corner o atual presidente que está no poder há nada menos de 26 anos. Nesse período, angariou a simpatia de um grupo considerável de pescadores, mas a também a antipatia de um número igualmente grande de profissionais da pesca.
Do outro lado do ringue, o desafiante, que se vestiu de coragem rara para encarar um adversário duro de ser batido. Pouca gente sabe que por trás do desafiante está um grupo político fortíssimo e que tem interesse em assumir o controle da Colônia Z-30.
Mas o que tanta gente pode querer com uma colônia de pescadores cheia de associados pobres?
Pois bem, pasme: a Colônia de Pescadores Z-30 tem uma fábrica de gelo (que muitos chamam de fábrica de dinheiro) e ainda um estacionamento que lota em período de veraneio.
Está explicado.
Então, senhores! Calcem as luvas, coloquem os protetores bucais, cumprimentem-se e vamos à luta. Vale tudo!

4 comentários:

Anônimo disse...

vc nao sabem nem um terço do q esta acontecendo e ficam publicando coisas erradas, primeiro procurem saber a realidade dos fatos...

Anônimo disse...

vc nao sabem nem um terço do q esta acontecendo e ficam publicando coisas erradas, primeiro procurem saber a realidade dos fatos...

Anônimo disse...

Chagas,moro proximo da colônia z-30 e posso te dizer que o atual presidente da citada instituição Sr.Bibi comanda com mão de ferro aquela entidade e que durante o seu pequeno mandato que durou nada menos de 26 anos lhe rendeu muitas posses inclusive Fazendas na região do município de Nova Ipixuna,realmente a z-30 e a fabrica de fazer dinheiro são muito rentavéis....

reporterchagasfilho disse...

Ao meu amigo anônimo das 16h11, dá uma forcinha aí, me manda algumas dicas, que eu corro atrás disso.
Tou esperando.