terça-feira, 31 de janeiro de 2012

De mal a pior

A situação está tão complicada na Prefeitura de Marabá que tem faltado material de expediente em várias secretarias. Nalgumas delas já faltou até papel higiênico. Quem confirma é gente de dentro dessas secretarias, que não se revela por razões óbvias.
A sorte é que, colocado ao Centro Administrativo (onde ficam várias dessas secretarias abandonadas), está a Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU), uma autarquia que administra seus recursos e acaba emprestando material para as outras secretarias. É brincadeira!

3 comentários:

anônimo por ser funcionário disse...

No HMM falta até papel higiênico e já chegou faltar arroz no jantar dos funcionários.
Chagas o concurso público foi realizado,porém gostaria que fosse feita uma reportagem para saber porque ainda tem muitos funcionários contratados,e pior de tudo e que muitos foram contratados como agente de conservaçâo(GARI)más estão trabalhando como agente de portaria,assistente administrativo etc,principalmente no HMM.
Isso é um descaso para com quem fez o concurso passou e esta aguardando ser nomeado,por favor faça essa reportagem.

Anônimo disse...

Chagas, o anonimo tem toda razão.
Na educação pouquissimo concursados foram chamados.As escolas estão cheias de contratados, principalmente as escolas do outro lado da ponte. Onde o timotinho manda e desmanda.

Anônimo disse...

Olha Chagas isso que os dois anônimos disseram é a mais pura verdade. Também conheço de perto (porque acompanho) a realidade de várias escolas municipais e olha, a maioria dos professores, do pessoal de apoio e administrativo são contratados. Isso precisa ser denunciado, é um desrespeito com as pessoas que fizeram o concurso. Por favor Chagas, faça uma reportagem no seu blogg e se possível divulgue na mídia impressa também. Como diz o Milton Faria: "Isso é uma VERRRRRRRGONHA".